O Diagnóstico da Apneia do Sono

Se suspeita que sofre de apneia do sono, deve consultar o seu médico para a realização de um diagnóstico adequado. 
 

Alguns passos simples para o ajudar a avaliar a suspeita de que sofre de apneia do sono

  1. Pergunte ao seu parceiro (ou parceira), ou a um familiar se notam que ressona muito alto e/ou que tem pausas na sua respiração durante o sono. Eles costumam ser os primeiros a perceber. 
  2. Pode complementar a informação sobre a sua suspeita de risco, respondendo a um questionário como o de Berlim 

Caso suspeite que sofre de apneia do sono, agende uma consulta com o seu médico e leve consigo estas informações e o documento preenchido. Este decidirá se deverá ser encaminhado para um médico especializado em medicina do sono, após avaliação.

 

O diagnóstico de apneia do sono só pode ser efetuado por médicos, através de um estudo do sono. Este pode ser realizado no hospital, clínica do sono, ou em casa, com recurso a um equipamento especial.

 

A realização de um estudo do sono é indispensável para confirmar ou excluir o diagnóstico de apneia do sono. Durante o estudo, são monitorizados e registados diversos dados que são avaliados por um especialista do sono.

Existem diversos estudos, pelo que o seu médico indicará aquele que considera ser o mais adequado para o seu caso.

 

Os estudos do sono permitem investigar diversos tipos de perturbação do sono.

O estudo do sono mais completo é conhecido como polissonografia e é considerado o “padrão de excelência” no diagnóstico da apneia do sono.

É uma forma específica de avaliar o que acontece enquanto dorme.

Costuma ser realizado durante a noite, em laboratório, e é monitorizado por um técnico em polissonografia. Contudo, também pode ser realizado em sua casa, se o médico considerar adequado.

 

Antes de dormir, são colocados pequenos sensores na sua cabeça, face, tórax, abdómen, dedos e pernas.

São estes sensores que irão registar o padrão da sua respiração, incluindo o número e duração de episódios de apneia (interrupções da respiração), a atividade cerebral (duração e qualidade do sono), movimentos dos olhos, atividade muscular, ronco, níveis de oxigénio, ritmo cardíaco, posição e movimentos do corpo enquanto está a dormir.

Os sensores não são invasivos e não causam dor.

Na presença de apneia do sono, esses registos mostram episódios repetitivos de interrupções e/ou diminuição da respiração. 

 

 

Existem ainda outros testes para apneia do sono tais como: 

Poligrafia

Este estudo avalia um número menor de sinais fisiológicos do que os registados numa polissonografia completa e centra-se, sobretudo, na avaliação da respiração e nos níveis de oxigénio no sangue. Em geral, é realizado em sua casa, sem exigir a presença de um técnico em polissonografia. No entanto, em alguns casos, pode ser realizado num laboratório do sono. 

A poligrafia também pode ser usada para fazer o acompanhamento do tratamento de pessoas com apneia do sono, para verificar a sua eficácia.

 

Oximetria Noturna

Trata-se de um método limitado ao registo dos níveis de oxigénio no sangue. Não substitui a polissonografia, nem a poligrafia no diagnóstico da apneia do sono por não avaliar a existência de pausas respiratórias. 

 

 

Como interpretar os resultados do estudo do sono

Caso tenha interesse em perceber melhor os resultados do seu estudo do sono, pode consultar a informação abaixo para compreender melhor cada parâmetro.
A avaliação dos resultados do seu exame do sono, em conjunto com o seu historial clínico, permitirão ao seu médico aconselhar a melhor opção de tratamento para o seu caso específico.

O que significa IAH?

A sigla IAH refere-se ao índice de apneia/hipopneia. Este é o valor mais fiável para avaliar se sofre de apneia do sono.

O IAH contabiliza o número médio de eventos respiratórios, como apneias ou hipopneias, que ocorrem a cada hora.

A apneia ocorre sempre que fica sem respirar durante 10 segundos ou mais, acompanhada da diminuição de oxigénio no sangue. 

A hipopneia é uma redução parcial da respiração durante 10 segundos ou mais e é tão grave quanto a apneia, porque também apresenta diminuição da oxigenação no sangue.

O índice de apneia e hipopneia mede a gravidade da apneia do sono.

Movimento do corpo e interrupções do sono

A polissonografia não avalia apenas a presença de apneias e hipopneias, também podem ser observadas outras alterações que indiciem um distúrbio do sono.

Por exemplo:

  • Despertares associados ao esforço respiratório devido ao aumento da resistência na passagem do ar nas vias aéreas e que afetam a respiração e a qualidade do sono de formas diferentes de uma apneia ou hipopneia. A esta perturbação dá-se o nome de RERA.
  • Movimentos excessivos e incontroláveis das pernas durante o sono, a síndrome das pernas inquietas. 

Todos estes aspetos devem ser considerados na avaliação para chegar a um diagnóstico e definir o tratamento.

Estadios do sono

Cada ciclo de sono contém quatro fases, conhecidas como N1, N2, N3 e R.E.M. (Movimento Rápido dos Olhos). Durante uma noite normal, passamos várias vezes por cada uma dessas fases.

A apneia do sono pode causar despertares não conscientes (microdespertares) que impedem chegar a um estadio de sono mais profundo (N3) e, por isso, o sono é menos reparador. Como consequência, poderá sentir maior cansaço e sonolência durante o dia.

Posição em que dorme

A posição do corpo durante o sono também pode ter impacto sobre a apneia do sono. 

O estudo do sono mostrará quanto tempo dorme de barriga para baixo (decúbito ventral), de barriga para cima (decúbito dorsal) e sobre cada lado do corpo, direito ou esquerdo (decúbito lateral direito e esquerdo).

Saturação de oxigénio

O oxigénio é o “combustível” que permite ao seu organismo funcionar normalmente. 

A chamada oximetria de pulso é uma forma não invasiva de medir a percentagem da quantidade de oxigénio (SpO2) que o seu sangue está a transportar em relação ao máximo da capacidade, sendo que valores não inferiores a 90% são considerados aceitáveis.

No caso de ter apneia do sono, a diminuição da inalação de oxigénio durante as pausas ou reduções na sua respiração, vai influenciar os seus valores de saturação de oxigénio.

A análise da duração e o nível de diminuição da SpO2 durante o sono é, também, importante nas repercussões da apneia do sono na sua saúde.

O seu médico interpretará os resultados do estudo do sono e indicará o tratamento mais indicado para si e esclarecerá as suas dúvidas.

Fontes

Este conteúdo, é de natureza geral e apenas para fins informativos e não é um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Consulte sempre o seu médico com quaisquer perguntas que possa ter sobre uma condição de saúde, procedimento ou tratamento médico.

- Website European Lung Foundation – Apneia do Sono acedido em: 27-05-2022

https://europeanlung.org/pt-pt/information-hub/factsheets/apneia-do-son…

- Website European Lung Foundation – Pressão Positiva Contínua na Via Aérea (CPAP) acedido em: 27-05-2022 

https://europeanlung.org/pt-pt/information-hub/factsheets/pressao-posit…

- Website European Lung Foundation – Distúrbios Respiratórios do Sono acedido em: 27-05-2022

https://europeanlung.org/pt-pt/information-hub/lung-conditions/disturbi…

- Website European Lung Foundation - Treating obstructive sleep apnoea using alternatives to CPAP – understanding the professional guideline acedido em: 27-05-2022

https://europeanlung.org/en/information-hub/factsheets/treating-obstruc…

- Website Chest Foundation – Obstructive Sleep Apnea (OSA) acedido em: 27-05-2022

http://foundation.chestnet.org/lung-health-a-z/obstructive-sleep-apnea-…

- Website Asthma and Lung UK - Obstructive Sleep Apnea (OSA) acedido em: 27-05-2022

https://www.blf.org.uk/support-for-you/osa

- Website Sleep Foundation – Sleep Apnea  acedido em:27-05-2022

https://www.sleepfoundation.org/sleep-apnea

Sleep Health Foundation – Obstructive Sleep Apnoea. Disponível em: https://www.sleephealthfoundation.org.au/files/pdfs/Obstructive%20Sleep…

European Respiratory Society White Book - Sleep breathing disorders. Disponível em: http://www.erswhitebook.org/files/public/Chapters/23_sleep.pdf

Rebecca JH et al. I am Worried That I Have Sleep Apnea—What Should I Know? JAMA Internal Medicine 2022; 182:360.  doi.org/10.1001/jamainternmed.2021.7748 

Torpy JM. Sleep Apnea-Patient Page. JAMA 2011; 305 (9):956  doi.org/10.1001/jama.305.9.956

Strohl, Kingman P. Patient education: Sleep apnea in adults (Beyond the Basics). UpToDate 2022. Disponível em: < http://www.uptodate.com/online&gt;. Acesso em: 15/06/2022